PRM deteve 52 acusados de envolvimento nos ataques a Mocímboa da praia

0
2515
views

Um total de 52 indivíduos foram detidos em conexão com as invasões e ataques ocorridos nas instalações da Polícia no distrito de Mocímboa da Praia, província de Cabo Delgado, norte do país, anunciou a Polícia moçambicana (PRM).

Falando hoje, em Maputo, durante o habitual briefing semanal da corporação, o Porta-voz da PRM, Inácio Dina, disse que foram ainda apreendidas quatro armas de fogo e 100 munições.

“O número de pessoas que perderam a vida é de 17. Como sabem, destes 14 são parte dos bandidos armados que efectuaram os ataques. Dois agentes da Polícia e um líder comunitário que foi assassinado por estes bandidos.”

Dina explicou, na ocasião, que os cidadãos detidos são moçambicanos, parte dos quais actores morais deste ataque.

“Neste momento, o que importa fazer referência é que dos interrogatórios foi possível constatar que são moçambicanos provenientes de Cabo-Delgado”, disse Dina, reiterando que o grupo não tem ligação alguma com o grupo Al Shaabab.

Durante os interrogatórios, parte dos meliantes, de acordo com Dina, explicaram que foram convidados tendo sido prometidos em troca valores monetários.

“Neste momento, constitui matéria de investigação saber quem os prometeu essas somas e a proveniência das armas. Como sabem, Mocímboa é uma zona acesso ao mar são elementos que estão a ser levantados para descortinar a proveniência das armas.”

Em relação a informações que circulam dando conta que o grupo faz parte de estudantes moçambicanos que foram estudar em países que professam o islamismo, Dina disse que, “não podemos aferir com precisão sobre esse assunto.”

AIM


Warning: A non-numeric value encountered in /srv/users/noticias/apps/noticias/public/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here