Filipe Nyusi dirige mensagem a antecessor Armando Guebuza

0
2427
views

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, divulgou uma mensagem pelo aniversário do seu antecessor, Armando Guebuza, elogiando o seu papel na história recente do país e encorajando-o a ultrapassar a perda da sua filha, assassinada em dezembro.

«Inspira-nos a sua contribuição na luta pela libertação dos moçambicanos do jugo colonial e na reconstrução da nação moçambicana, premissas fundamentais para o bem-estar almejado pelo povo», declara a mensagem de Filipe Nyusi, difundida pela Presidência da República e dirigida a Armando Guebuza, que fez 74 anos na sexta-feira.

Na mensagem, o Presidente moçambicano referiu que Guebuza «não celebra este aniversário com a tranquilidade que seria de desejar», num «momento atribulado» para ele e para a sua família.

«Temos a convicção de que tem sabido, tal como sempre nos demostrou, a sentir a dor com a firmeza que lhe é característica, sem aceitar o infortúnio e assumindo que, com a vossa magnitude e personalidade, moldada na longa caminhada, não tem outra alternativa senão olhar para frente», declarou ainda Filipe Nyusi.

Valentina Guebuza, filha do ex-Presidente moçambicano e uma das mais destacadas empresárias do país, foi assassinada a tiro em Maputo na noite de 14 de dezembro e o seu marido, Zófimo Muiuane, foi detido como suspeito.

O último Governo do antigo chefe de Estado moçambicano tem sido visado pelo escândalo das dívidas escondidas, ao ter garantido, entre 2013 e 2014, à revelia do parlamento e das contas públicas, mais de 2,2 mil milhões de dólares a favor de empresas estatais em investimentos dirigidos à área da defesa.

Questionado em sede de comissão parlamentar de inquérito, Armando Guebuza afirmou que faria tudo do mesmo modo de novo.

«Qualquer governo responsável, nessas condições, acredito que agiria como nós o fizemos, e, se tivéssemos que estar nas mesmas condições e para tomar as mesmas decisões, considerando o circunstancialismo descrito naquele momento, nós faríamos justamente da mesma maneira hoje, em defesa da pátria amada e do maravilhoso povo moçambicano», declarou.

Armando Guebuza cumpriu dois mandatos como Presidente moçambicano, entre 2005 e 2015, ano em que transferiu o poder para Filipe Nyusi e também a liderança da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, partido do Governo).

Abola


Warning: A non-numeric value encountered in /srv/users/noticias/apps/noticias/public/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here