Milange: Alunos recebem aulas à luz de velas

0
625
views

O problema do défice no fornecimento de energia eléctrica na vila municipal e fronteiriça de Milange na Zambézia para além de afectar negativamente a área da Indústria e Comércio, as instituições públicas também ressentem-se do problema e o sector de Educação é um deles.

Falando numa entrevista que concedeu ao Diário da Zambézia Momed Ibraimo, Porta-voz da direcção provincial de Educação e Desenvolvimento Humano na Zambézia, disse que o problema não é novo e agora está de mal a pior e faz com que o curso nocturno seja o mais afectado.

Por outra, os alunos são obrigados a levar velas e candeeiros a petróleo para puderem assistir as aulas. Momed disse ainda que o facto dos alunos levarem consigo velas a escola revela vontade dos mesmos em quererem estudar, porque há pessoas com todas as condições que não querem estudar.

Ibraimo disse que, para além desta via, ou seja, o uso de velas nas salas de aulas uma das formas que foi encontrada para garantir que o aproveitamento pedagógico seja dos melhores e também para colmatar a situação, a fonte explicou que aos sábados e domingos tem se lecionado como forma de recuperar as aulas perdidas pelos alunos do curso nocturno.


Warning: A non-numeric value encountered in /srv/users/noticias/apps/noticias/public/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here