João Massango diz que o povo moçambicano está pagar a factura das dividas ocultas das empresas feitiças como EMATUM, PROINDICUS e MAM

0
557
views

Sem atum, trabalhadores a 10 meses sem salario, EMATUM desde Dezembro nao pesca atum, Moçambique perde anualmente 67 milhões de dólares da pesca ilegal, Moçambique mergulhado na divida da EMATUM

“Alertam os Ecologistas, a consciencia colectiva”

É triste quando um estado tem tudo para alavancar o desenvolvimento do seu povo, no entanto estando ausente um governo com politicas publica claras, para responder o grito duma nação, Moçambique tem MAR, FLORESTAS, RECURSOS NATURAIS, FAUNA, e MINERAIS, todos esses recursos são vitimas FURTOS, a incapacidade do governo do dia e seus agentes é cada vez mais notavel.

Moçambique virou um PAÍS DE REUNIÕES PARA DENUNCIAR INCAPACIDADE GOVERNATIVA, o povo moçambicano está pagar factura das dividas ocultas das empresas feiticias como EMATUM, PROINDICUS e MAM, entretanto o resultado da insatisfação domina manchetes noticiosos, trabalhadores da EMATUM, estão a 10 meses SEM SALARIO, por outro os BARCOS DA EMATUM não pescam desde DEZEMBRO, o povo nunca comeu ATUM, o PAÍS ESTÁ INDIVIDUADO em 500 milhões de dólares, e PERDE 67 MILHÕES DE DÓLARES da pesca Furtiva.

Onde está a tal MARINHA DE GUERRA, que foi apetrechada para fiscalização marítima inclusa nos 1.4 BILIÕES DE DÓLARES AMERICANOS? como é que chamamos o regime que reconhece a incapacidade da fiscalização dos seus recursos, MARINHOS, FLORESTAIS, FAUNISTICOS, MINERAIS, aliado com a gestão dum ESTADO.

Multiplica-se vozes que contestam o SISTEMA, o povo Moçambicano, não deve viver num conformismo total, quando um estado é afundado por indivíduos que perderam responsabilidade com ESTADO, chamamos a mudança do sistema politico para salvar moçambique, estamos a CAMINHAR HOJE 2016 para LIBÉRIA DE CHARLES TAYLOR, que colocou LIBERIA ESTADO FALHADO, com predominância, o TRAFICO DE RECURSOS florestais, minerais, de armas, faunistico para alimentar a guerra. É ESSE MOÇAMBIQUE QUE QUEREMOS, ACHO QUE NÃO.

A Politica do Governo de Moçambique, FALHOU, o GOVERNO DA FRELIMO, não aceita erros da sua GOVERNAÇÃO, subiu combustível no dia seguinte os principais centros de concentração estava armado de agentes repreensor do estado policia, afinal de conta moçambique é um estado militar?ou policial? ou moçambique é um estado popular? Reforçar contingente para intimidar o povo, que reclama seu direito é caminho viavel para governo? Se assim for ………. O MEU SENTIMENTO.

João Massango,

Partido Ecologista


Warning: A non-numeric value encountered in /srv/users/noticias/apps/noticias/public/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here