Cidadã completa 111 anos de vida na capital do país

0
564
views

Cidadã completa 111 anos de vida na capital do país

Numa altura em que a esperança média de vida dos moçambicanos é de 57 anos, atravessar fronteiras etárias é sempre motivo de celebração. E tal não podia deixar de acontecer com Muthiasse Valoi, que completou, sexta-feira passada, 111 anos, quase o dobro da esperança média de vida em Moçambique.

Muthiasse nasceu a 16 de Julho de 1905, em Chibuto, província de Gaza, precisamente há cento e onze anos. E porque já está sem forças para falar e andar, o seu filho, também em idade avançada, com 81 anos, falou ao jornal “O País” no lugar da mãe, revelando o segredo para a longevidade. “A pessoa deve conservar-se, saber evitar vícios, como consumo de álcool, de drogas, porque isso não é bom”, alertou Alfredo Cuinica, filho da vovó Muthiasse.

Dona de uma experiência que cruzou histórias e gerações, vovó Muthiasse colecciona glórias e mágoas nos mais de cem anos de vida. Uma delas é a partida do seu marido para África do Sul, no longínquo ano de 1940, e, de lá até hoje, não deu nenhuma notícia. A esperança de que o marido volte foi-se com o tempo, tanto que nem Muthiasse nem os filhos acreditam que o pai esteja ainda vivo. “Se ainda estiver vivo, vai aparecer, mas duvido muito”, disse o filho, visivelmente angustiado.

Mas esta não foi a única vivência amarga que marcou a vida de Muthiasse. Em 1988, teve que abandonar a terra que a viu nascer e crescer, Gaza, devido à guerra dos civil dos 16 anos, fugindo para a província de Maputo.

São marcos que fazem da vovó Muthiasse uma anciã. Ela é tida, no seio da família, como uma biblioteca, por conservar histórias que não só marcam a existência de um povo, mas também experiências de vida que transmitiu a gerações.

Helena Cuco, de cerca de 50 anos de vida, madrinha de baptismo da centenária, diz que aprendeu da vovó Muthiasse a ter paciência em todas as situações por que passa. “Aprendi com ela muita coisa da vida”, referiu Helena Cuco.

Muthiasse Valoi tem cinco filhos, sendo que o mais velho tem 84 anos de idade e o mais novo com 66 anos. Tem ainda 102 netos, 78 bisnetos e 26 trisnetos. Estes membros de uma família, diga-se, alargada estiveram representados, último sábado, na província de Maputo, na celebração dos 111 anos da vovó Muthiasse. E claro, não faltaram felicitações. “Parabéns à vovó Muthiasse, desejo saúde e dizer que gosto muito dela”, felicitou uma trisneta da vovó Muthiasse.

 

Opais


Warning: A non-numeric value encountered in /srv/users/noticias/apps/noticias/public/wp-content/themes/ionMag/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here